quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Dia das Mães -CRONOGRAMA

FESTA DIA DAS MÃES - 2.008
TEMA: CANTIGAS DE RODA.
Escola Municipal “José Severino de Almeida”
Comemoração Dia das Mães – 2008.



I – Abertura

1º Som - Hino Nacional (Deixar tocar inteira);
2º personagem – três alunos entram no palco com as Bandeiras: Nacional, do Estado de São Paulo e do Município de Severínia. Após executarem a sua coreografia, se colocam no centro do palco.


II – Desenvolvimento da Apresentação


Som – trilha 01 – 1.492 – A conquista do Paraíso (deixar tocar por aproximadamente um minuto, após o que, o volume deverá ser abaixado e deixado no ar como pano de fundo, no decorrer da leitura do narrador).

Narrador:
- É com imensa alegria que a Direção da Escola Municipal “José Severino de Almeida”, juntamente com sua Comunidade Escolar, recebe e dá as boas vindas a todos os presentes, que prestigiam esta apresentação.
- Tendo em vista a importância das Cantigas e Brincadeiras de Roda, que na simplicidade de suas melodias, ritmos e palavras, guardam séculos de sabedoria e a riqueza condensada do imaginário popular, que a Escola Municipal “José Severino de Almeida”, elegeu-a como tema para homenagear o Dia das Mães.
- Trata-se de uma apresentação idealizada pela Diretora da Escola, Professora Olga, como o respaldo da Vice-Diretora, Professora Mara.
- Os figurinos são de criação da Profª Coordenadora Lílian.
- As confecções dos figurinos são das professoras da Escola, Abigail, Adriana, Leonidia, Gisélia, Daniela e família dos alunos.
- As coreografias são de autoria da Professora de Educação Física, Ana Paula.
- Pesquisa e redação final do roteiro de autoria da Professora Olga.
- Digitação: Cláudio
- Organização da trilha Sonora: Clebson
- Sonoplastia: Marcos Martins
- Locução: Fabiano Uchoa que, em nome da Comunidade Escolar, expressa à todos os sinceros e merecidos agradecimentos.

III - Início da Apresentação

- Som trilha 02 - “Boas Vindas”, Mamãe e Bebê( Instrumental-deixar tocar por aproximadamente um minuto, após o que deverá ser abaixada e deixada como pano de fundo para a fala do narrador).

Personagens – alunos (meninos e meninas) com seus professores entram no palco e se posicionam para a apresentação.

- Narrador: - Estudos sobre canções de ninar, revelam que Mães do mundo todo cantam para seus bebês as mesmas seqüências e intervalos de sons, no mesmo ritmo e com o mesmo andamento. Esse é o primeiro gênero literário da vida de uma criança.
Cantar, dançar, sentir, pensar, compartilhar, transformar... Quantos não são os movimentos vitais contidos nas Cirandas Infantis?
Primeiramente devemos ressaltar que elas integram o conjunto das manifestações musicais do folclore – o que por si só já lhes confere um caráter de autenticidade e simplicidade, alem de um grande poder de comunicação e uma ressonância imediata no espírito das gentes que os ouvem, praticam e recriam.
Constituindo-se como formações circulares dançadas e cantadas, as Brincadeiras-de-roda, podem ser consideradas “Mandalas-vivas”. Isto significa que, ao cantar e brincar de roda cada participante pode viver e compartilhar com os demais suas experiências, representar a junção de opostos aparentemente incompatíveis, “expressar a idéia de refúgio seguro e de reconciliação interior.

Som – trilha 03 – “Se esta rua fosse minha”( Instrumental- deixar tocar por aproximadamente 1 min., após o que deverá ser abaixada e deixada como pano de fundo para a fala do narrador)

Narrador: - Nas brincadeiras-de-roda, se desenvolvem variadas coreografias e de movimentação onde cada participante é convidado a rodar, bater palmas e pés, a agachar ou gritar, e outras variações mobilizadoras do corpo todo, e, por conseqüência, também da emoção.
As cantigas de roda tem suas raízes nas relações primarias do desenvolvimento humano. Do ponto de vista pedagógico, estes jogos infantis, são considerados completos: brincando de roda a criança exercita naturalmente seu corpo, desenvolve o raciocínio e a memória, estimula o gosto pelo canto. Poesia, música e dança unem-se em uma síntese de elementos imprescindíveis a educação global.
É certo que, mesmo muitas vezes tendo partes omitidas ou formas esquecidas e transformadas, as cantigas sobrevivem à passagem do tempo. Talvez como um reflexo da busca do contato com a expressão genuína e ancestral que é, em ultima instância, insubstituível.


- Som – trilha 04 - “Se esta rua fosse minha”...cantada (deixar tocar até o final)
Personagem: - Menina florista entra no palco e realiza sua coreografia


- Som – trilha da 05 até a 24: (deixar tocar todas até o final)

- Som – trilha 05: Menuet-Luigi Boccherini.
- Som – trilha 06: A canoa virou- Flávia Alessandra.
- Som- trilha 07: Menuet: L.Boccherini.
- Som – trilha 08: O sapo não lava o pé.
- Som – trilha 09: Variados.
- Som – trilha 10: O cravo e a rosa.
- Som – trilha 11: Carneirinho – Malu Mader.
- Som trilha 12: Menuet – L. Boccherini
- Som –Trilha 13: A linda rosa juvenil.
- Som - trilha 14: Menuet – L. Boccherini.
- Som -trilha 15: Samba lelê/ A barata- Regina Case.
- Som- trilha 16: A carrocinha –Débora Bloch
- Som -trilha 17: Menuet- L. Boccherini.
- Som –trilha 18: Escravos de Jó – Giulia Gam.
- Som- trilha 19: Menuet- L. Boccherini.
- Som- trilha 20: Eu entrei na roda.
- Som -trilha 21: Menuet- L. Boccherini.
- Som- trilha 22: Pai Francisco/Marcha soldado.
- Som - trilha 23: Menuet – L. Boccherini
- Som – trilha 24: Pirulito que bate bate – Nívea Stelman/Isabel Filardis




IV - Término da Apresentação

- Som – trilha 25: Mamãe e Bebê – Pirulito que bate-bate - (deixar tocar por um minuto aproximadamente, após o que deverá ser abaixada, deixada como pano de fundo para a fala do narrador).

- Narrador: Obrigado a todos pela presença!
A Srª Diretora reitera seus agradecimentos aos professores pelo empenho e colaboração demonstrada na realização desta festa e aliada à sua Comunidade Escolar, agradece aos que abrilhantaram, com suas presenças, esta nossa comemoração.
Aos professores, alunos e familiares, os nossos parabéns por mais este bem sucedido trabalho!
Aos ilustres visitantes a nossa maior gratidão!
As autoridades aqui presentes: ____________________
____________________
____________________
____________________
____________________
os nossos aplausos pelo prestigio da presença.




- Som – trilha 25: Pirulito que bate bate – Natura
- Som – trilha 26: Fui no tororó – Natura
- Som – trilha 27: Cai cai balão – Natura
- Som – trilha 28: Ciranda, cirandinha – Natura
- Som – trilha 29: O cravo brigou com a rosa – Natura
- Som – trilha 30: Peixe vivo - Natura





Este é o CD gravado especialmente para a apresentação e o esquema de utilização do espaço da quadra para a festa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário